Alguém está falando sobre deterinado assunto. Você discorda e imediatamente sente que precisa expressar sua opinião?
Você lê uma reportagem ou post na internet que não concorda e automaticamente faz um comentário reativo?
Alguém faz um vídeo no youtube sobre determinado assunto, e você vai lá e comenta negativamente?
Uma pessoa vem falar sobre a roupa, comportamento ou atitudes de uma outra pessoa e você também começa a falar o que acha?

Analise comigo. Durante sua vida você teve muitas experiências, algumas boas e outras ruins, certo? Estas experiências são as memórias que você guarda dentro de si. Elas são os “óculos” pelos quais você enxerga o mundo.

Vou dar alguns exemplos:
Uma professora vai dar aula usando uma saia mais curta. Alguns olham e dizem: “nossa que sem noção, que vulgar, onde já se viu?”. Outros podem dizer: “nossa que linda, que corpo bonito ela tem”.
Uma pessoa dá uma palestra ou discorre sobre algum tema no youtube. Alguns elogiam o esforço e o tempo que ela dispendeu. Outros criticam a qualidade do vídeo, do áudio, da luz, etc.
Alguém é gentil e caridoso. Alguns admiram, outros acham que é para se promover.
E por aí vai….

Ao expressar sua opinião sobre qualquer assunto, pessoa ou situação, você está julgando de acordo com as suas experiências de vida. Só que as suas experiências são suas, e muito provavelmente são diferentes das minhas, e da maioria das outras pessoas. É a sua visão de mundo, são as suas crenças e os seus valores. Certos ou errados é aquilo que você acredita.

E aquilo que você acredita só serve para você mesmo.

Expressar opiniões, principalmente quando ninguém pediu, normalmente termina discussões sem fim. Nem o outro te convence, nem você convence o outro. Só gera desgaste de tempo e energia, isto quando não vira uma briga feia mesmo.

Então, guarde sua opinião para si mesmo. A não ser que peçam, e mesmo assim, tente se esquivar. Ninguém é dono da verdade, porque existe a verdade de cada um, as experiências de cada um. E a “nossa verdade” pode ferir e magoar alguém.

Se você sempre sente a necessidade de expressar sua opinião, se você sente: “Tenho que falar o que eu acho!” ou “É a MINHA opinião!”, reflita: Por que? Por que esta necessidade de dizer o que acha? Por que esta necessidade de discordar? Preciso provar que estou certo? Só porque eu posso, será que devo?

Deixe cada um viver como acredita. As pessoas só enxergam aquilo que querem ver. E cada um tem seu tempo de amadurecimento e despertar.

Lembre-se daquele famoso ditado: “É melhor ter paz ou ter razão?”

Pense nisso.

Beijos ♥
Selene