ORÁCULO

Runas Nórdicas

As Runas são um conjunto de 24 símbolos alfabéticos, que eram usadas pelos antigos povos Nórdicos, tanto como oráculo, quanto em rituais mágicos.

A palavra Runa significa “mistério sussurrado”, o que nos remete para um conhecimento transmitido via oral. Sua origem é envolta em mistério e cercada de segredos.

Runas Nórdicas | Café com Tarot

Mitologicamente, as Runas são associadas ao deus nórdico Odin, que as obteve por meio de um auto sacrifício. Odin ficou pendurado por 9 dias e 9 noites na Yggdrasil, a “Árvore da Vida”. No nono dia, visualizou as Runas e recebeu seu conhecimento.

As Runas são excelentes para serem usadas como oráculo, pois mostram um emaranhado de situações que podem nos explicar o momento atual e como agir no futuro. Também são usadas como talismãs e em rituais mágicos para conseguir proteção, amor, prosperidade e em cura.

A ORIGEM

A História das Runas Nórdicas

Antes de entramos na história das Runas, é necessário compreender os fundamentos filosóficos da cultura que lhes deu origem, conhecida como a Tradição Nórdica. Os textos a seguir são um resumo e foram retirados do livro Mistérios Nórdicos, de Mirella Faur.

Os povos nórdicos habitavam o norte da Europa (Alemanha, Holanda, Escandinávia), as Ilhas Britânicas, as Ilhas Faroé e a Islândia e possuíam seu próprio sistema de crenças.

Era uma cultura centrada na natureza e na interação entre clima, paisagem, ciclos anuais.

Acreditavam acima de tudo no poder supremo Orlog, que modelava o destino dos deuses e humanos. Orlog representa a combinação de fatores e acontecimentos que determina o presente, em função do passado, e cria o futuro a partir do presente. Com base nestas influências, o homem cria o seu wyrd, ou destino pessoal.

As runas eram consideradas padrões energéticos que vibravam e reluziam sobre os fios de wyrd. O conhecimento das runas permitia que se descobrisse as influências e efeitos do wyrd individual.

Não se sabe com certeza onde e quando as runas apareceram pela primeira vez. Sua origem é envolta em mistério, cercada de segredos e com muitas suposições, interpretações e teorias.

A teoria que tem maior respaldo histórico é a que defende a semelhança das runas com antigas inscrições rupestres encontradas em vários lugares da Europa, ao longo da Idade do Bronze e do Ferro (1300 a 900 a.C).

Alguns ­­­autores afirmam que esses petróglifos teriam sido a origem de uma linguagem simbólica e mágica utilizada pelos xamãs do período neolítico. O povo etrusco, um dos herdeiros dessa tradição, teria adaptado os símbolos e os incorporando à sua linguagem escrita, ensinada também aos seus vizinhos, as tribos teutônicas.

Apesar de sua utilização da Escandinávia por todo o período viking (800 a 1100 d.C.) as runas não são símbolos viking, como algumas fontes sugerem. As runas não somente têm uma origem anterior, muito mais antiga, como são arquétipos atemporais, oriundos dos registros sutis, e servem como portais de percepção para a expansão da consciência humana.

Petróglifos pré-históricos de Hallristinger

Petróglifos pré-históricos de Hallristinger

As runas consistem num sistema simbólico complexo que permite a transmissão de outros significados, além dos normalmente expressos por uma língua.

Existem vários alfabetos rúnicos, porém vamos ao mais antigo que deu origem às Runas.

O primeiro sistema rúnico conhecido é o Futhark Antigo, composto por 24 runas, divididas em 3 grupos de oito runas, chamadas Ættir. O nome Futhark é formado pelas seis primeiras runas do alfabeto.

Elder Futhark

Elder Futhark

O ORÁCULO

RUNAS NÓRDICAS

Uso das Runas

As Runas são utilizadas para diversas finalidades, vamos às principais:

  • Uso Oracular
    Como uma orientação pessoal ou para terceiros.

  • Uso Mágico
    Através de meditações e rituais.

  • Uso Terapêutico
    Através de chás, posturas, sons.

  • Uso Talismânico
    Usando talismãs já existentes ou confeccionando o seu próprio talismã.

Material para fazer suas Runas

As Runas são confeccionadas em materiais naturais. Seguem alguns materiais mais usados.

  • Madeira
    Galho de árvore cortado em rodelas, madeira cortada em quadrados, etc. Podem ser gravadas também em galhos finos tipo varetas.

  • Sementes
    Sucupira, Olho de Boi, Guapuruvu

  • Cristais
    Quartzo transparente, quartzo rosa, quartzo verde, ametista, olho de tigre, etc. Qualquer cristal ou pedra natural.

  • Argila
    Moldando a argila no formato desejado (veja abaixo) e desenhando os símbolos. Depois de secas podem ser pintadas.

  • Conchas
    Conchinhas de qualquer tamanho.

  • Ossos
    Normalmente compradas.

  • Metal
    Gravando as runas numa chapa de metal.

Formato das Runas

Não existe um padrão. Qualquer formato é válido, inclusive os irregulares. Seguem os mais utilizados.

Formato das Runas | Café com Tarot

VITRINE

Runas Nórdicas

Runas em Madeira
Runas em Sementes

Olho de Boi
Wicca Old Religion

Runas Nórdicas em Semente de Olho de Boi
Runas em Cristais

Quartzo Transparente
Wicca Old Religion

Runas Nórdicas em Quartzo Transparente

Quartzo Verde
Estrela Mística

Runas Nórdicas em Quartzo Verde

Quartzo Rosa
Wicca Old Religion

Runas Nórdicas em Quartzo Rosa

Olho de Tigre
Estrela Mística

Runas Nórdicas em Olho de Tigre
Runas em Materiais Diversos

INVISTA EM VOCÊ

Curso de Runas Nórdicas