Como explicado no item sobre adivinhação, o Tarot mostra tendências futuras, mas estas tendências podem ser alteradas pelas atitudes da pessoa em questão.

Esta pessoa, seja o consulente ou alguém envolvido, pode se decidir por tomar outro caminho, indo ao contrário do que havia sido captado. Na energia dela tudo estava conspirando para um propósito, porém o livre arbítrio pode fazer com que ela se decida por outra situação.

Além disto, algumas coisas contribuem para que a previsão não se concretize, entre elas a dúvida, o medo e a ansiedade.

Por exemplo: fulano tem a intenção de me procurar? A previsão deu positiva, tudo certo, porém tudo tem um tempo de acontecer, e aí a consulente começa a duvidar. Está tão ansiosa com tanto medo dentro dela que emana essa energia negativa para a relação, e atrasa ou paralisa o processo.

Isto porque o que nós enviamos é o que recebemos de volta. O Tarot ele vai te trazer uma tendência, que pode ou não acontecer, nós atraímos ou afastamos de acordo com os nossos pensamentos e atitudes.

Ainda sobre o livre-arbítrio, as atitudes do próprio consulente contam muito. O Tarot dá uma orientação, mas se o consulente não seguir, pode terminar afastando a energia.